Troca de Abilio por Parente faz ações da BRF subirem até 7%

Fundos de criptomoedas caem quase 30% em março
18 de abril de 2018
IR 2018: Como declarar os bens adquiridos durante a união estável?
19 de abril de 2018
Exibir tudo

Troca de Abilio por Parente faz ações da BRF subirem até 7%

Presidente da Petrobras confirmou o convite; novo conselho deve ser votado no próximo dia 26 de abril

São Paulo — As ações da BRF, dona das marcas Sadia e Perdigão, começaram a quinta-feira em forte alta em uma reação à indicação de Pedro Parente para a presidência do conselho de administração da companhia.

O presidente da Petrobras confirmou ontem, por meio de uma carta divulgada à imprensa, que aceita presidir o conselho e, que para isso, deixará o conselho de administração da B3. Não está em seus planos, no entanto, deixar o comando da petroleira, onde tem contrato até março do ano que vem.

Por volta das 10h15, os papéis da BRF tinham alta de 7%, a 24,81 reais. No mesmo horário, o Ibovespa registrava leve baixa de 0,4%, na casa dos 85400 pontos.

As ações ordinárias da Petrobras registravam ganhos em torno de 1,6%, para 24,46 reais, enquanto as preferenciais subiam 1,9%, para 22,22 reais. Os papéis da B3 tinham baixa de 0,95%, para 26 reais.

A novela

Parente foi indicado à presidência do conselho depois de várias semanas de disputa entre o empresário Abilio Diniz, que ocupa o cargo atualmente, e os fundos Petros e Previ, que engrossam a lista de acionistas descontentes com o desempenho financeiro da companhia.

No começo de abril, os fundos e o empresário tentaram chegar a um acordo para a criação de uma chapa única. Sem acordo, Abilio tentou emplacar uma chapa alternativa. Só que o movimento também não deu certo e nos dias seguintes alguns dos indicados pediram a exclusão de seus nomes da lista. 

Na última sexta-feira o fundo britânico Aberdeeen, detentor de pouco mais de 5% das ações da BRF, provocou uma nova reviravolta e pediu que seja adotado na assembleia o chamado voto múltiplo. Isso significa que a escolha do novo conselho passará a ser feita vaga a vaga. 

Na tarde de ontem, o Valor Econômico publicou uma reportagem afirmando que Abilio e os fundos haviam chegado a um acordo para a indicação de Pedro Parente para o comando do conselho.

A simples menção ao nome do executivo fez os papéis da BRF fecharem o dia em alta de 9,55%. Antes da notícia, a alta era de 4%.

A confirmação veio um pouco mais tarde por parte da Península, de Abilio, e do próprio executivo. Os principais acionistas da BRF, Petros, Previ e Tarpon Investimentos enviaram comunicados à imprensa ressaltando qualidades de Parente para recuperar a produtora de alimentos processados.

A definição deve vir no dia 26, quando uma assembleia escolhe os novos conselheiros da companhia. 

O desafio

As missões de Parente a frente do conselho da BRF são mais ou menos conhecidas. Seu desafio é fazer o que os novos gestores da companhia tentam há cinco anos: ganhar relevância internacional, fortalecer as marcas e incutir uma cultura única. A primeira e mais importante missão do novo conselho é indicar os executivos que devem gerir a BRF.

As disputas dos últimos anos deixaram a companhia sem dezenas de nomes no primeiro escalão: foram 39 mudanças em 16 cargos de vice-presidência e presidência desde 2013.

Muitos dos funcionários experientes saíram para a concorrente JBS. Eis outro desafio da futura gestão: recuperar terreno num momento novo, em que a JBS, dona da marca Seara, está muito mais forte do que no passado. A BRF já teve 200.000 pontos de venda no país, mas hoje o número não passa de 190.000.

Para piorar, ainda não estão claros os efeitos da Operação Carne Fraca sobre os negócios da BRF. Há riscos de novos desdobramentos, inclusive com novas restrições de compras por parte de importadores internacionais.

Pedro Parente pode ser o homem certo na hora certa. Mas não estará 100% dedicado ao negócio. E há coisas que estão fora de seu controle. Para todo o mais, a BRF tende deixar o passado de divisões e descontrole para trás.

Com EXAME Hoje. 

 

 

Fonte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.