Lava Jato volta à Transpetro e tudo para ler antes de a Bolsa abrir

Ibovespa fecha em queda com pressão de NY
22 de março de 2018
Ibovespa fecha em baixa minado por Wall Street
23 de março de 2018
Exibir tudo

Lava Jato volta à Transpetro e tudo para ler antes de a Bolsa abrir

A nova fase da Lava Jato, deflagrada nesta sexta, apura pagamento de vantagens indevidas a agentes públicos e atos de lavagem em contratos da Transpetro

São Paulo – Leia as principais notícias desta sexta-feira (23) para começar o dia bem informado:

As quentes do dia

Nova fase da Lava Jato volta à Transpetro. Segundo o jornal O Estado de S.Paulo, os agentes da Polícia Federal apuram o pagamento de vantagens indevidas a agentes públicos e atos de lavagem subsequentes em contratos da Transpetro.

‘Quase’ prefeito de SP, Bruno Covas prevê gestão menos liberal que Doria. Reportagem do jornal Folha de S.Paulo mostra que o vice de Doria prevê um governo social-democrata mais para o de ‘Mario Covas’.

Sem reoneração da folha, governo bloqueia mais R$ 2 bi no Orçamento. Expectativa inicial era de que o governo liberaria recursos, mas, com projetos travados, decisão foi por novo contingenciamento, revelou o jornal O Estado de S.Paulo.

China x EUA: Pequim alerta que não hesitará em retaliarO governo Trump impôs barreiras em produtos chineses, alegando “roubo” de propriedade intelectual.

Em e-mail, Marcelo ataca desafetos na Odebrecht. De acordo com o jornal Valor Econômico, a provável indicação do executivo Newton de Souza à presidência do conselho de administração da Odebrecht S.A. está sendo bombardeada por Marcelo Odebrecht.

Indenizações a vítimas de Mariana devem chegar a R$ 2 bilhões. Segundo o jornal O Estado de S.Paulo, as indenizações que serão feitas à população atingida pelo desastre da barragem de Mariana, em Minas Geraisem novembro de 2015, deverão ser concluídas até o fim do ano.

Política e mundo

STF aceita pedido da defesa e proíbe prisão de Lula até 4 de abril. O pedido de habeas corpus para evitar a prisão de Lula só será debatido pelo plenário do STF em 4 de abril; até lá, ordem de prisão não pode ser executada.

Ministério Público faz primeira denúncia da Lava Jato em São Paulo. Paulo Vieira de Souza, ex-diretor da Dersa no governo de José Serra (PSDB), foi denunciado nesta quinta por desvios de cerca de R$ 7,7 milhões.

Ministro diz que apagão pode ter ocorrido por erro de programação. Queda de energia, que deixou cerca de 70 milhões de pessoas sem luz, teria se dado em um linhão operado pela empresa chinesa State Grid.

Maduro determina corte de três zeros da moeda em junho. O presidente da Venezuela decidiu substituir as cédulas em circulação para enfrentar a escassez de moeda em meio à inflação voraz.

UE comemora isenção temporária a tarifas sobre aço e alumínio pelos EUA. As novas tarifas sobre o aço e alumínio, que entrarão em vigor nesta sexta-feira, deixarão UE, Austrália, Argentina, Brasil e Coreia do Sul isentos.

Eventos climáticos extremos geraram gastos de US$ 320 bi em 2017, diz ONU. Entre os vários fenômenos adversos, destacaram-se a temporada de furacões no Atlântico Norte, cheias no subcontinente indiano e a seca na África Ocidental.

Enquanto você desligou…

Tecnisa registra prejuízo líquido de R$ 175,2 mi no 4º trimestre. Receita líquida operacional da empresa nos últimos três meses do ano totalizou R$ 61,139 milhões, um recuo de 6,5% ante igual trimestre de 2016.

Cyrela tem lucro líquido de R$ 48,8 milhões no 4º trimestre, alta de 57,6%. A melhora dos resultados nos últimos três meses de 2017 não foi suficiente para reverter as perdas acumuladas ao longo do ano.

CPFL Renováveis tem lucro líquido de R$ 51,24 milhões no 4º trimestre. No acumulado do exercício, a companhia anotou um lucro líquido de R$ 19,6 milhões, ante uma perda de R$ 143,7 milhões em 2016.

M. Dias Branco vai emitir até R$810 mi em debêntures. A operação deve envolver uma emissão inicial de 600 milhões de reais, podendo ser acrescido de lote adicional e opção de lote suplementar.

Diretor-geral brasileiro da Itaipu Binacional pede demissão. Luiz Fernando Vianna deixará o cargo no dia 5 de abril e alegou motivos pessoais para o desligamento.

Agenda do dia

Nesta sexta-feira, sai o IPCA-15 e a Confiança do Consumidor da FGV de março. Nos Estados Unidos, sai o dado sobre vendas de casas novas em fevereiro.

Fonte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *