Elevar juro para conter dólar parece irracional, diz pesquisador

CVC cai na Bolsa frente a cenário desanimador
11 de junho de 2018
Funcef ainda avalia venda de participação na Vale, diz executivo
12 de junho de 2018
Exibir tudo

Elevar juro para conter dólar parece irracional, diz pesquisador

Para Samuel Pêssoa, da FGV, argumentos a favor dessa ação circularam no mercado, mas essa opção equivaleria a "pensar com a cabeça dos anos 1990"

Rio de Janeiro – A ideia de que o Banco Central (BC) deveria elevar os juros básicos para enfrentar a alta do dólar “parece fora da racionalidade”, afirmou nesta segunda-feira, 11, Samuel Pessôa, pesquisador do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV).

Para Pessôa, argumentos a favor dessa ação circularam no mercado financeiro na semana passada, mas essa opção equivaleria a “pensar com a cabeça dos anos 1990”.

“Argumentos que circularam no mercado financeiro na semana passada, de que seria preciso elevar juro para sustentar a cotação do dólar, parecem fora da racionalidade”, disse Pessôa, em seminário de análise de conjuntura promovido pelo Ibre/FGV no Rio.

A principal diferença em relação aos anos 1990, disse Pessôa, é o setor externo. Hoje, a balança de pagamentos brasileira apresenta déficit pequeno e, com pouca dívida pública externa, o País é credor em dólar, ou seja, a depreciação do câmbio não leva a crises nessa área. “Nossos problemas são internos”, afirmou o pesquisador.

Fonte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.