Dow e S&P 500 sobem impulsionados por indústria e energia

Ibovespa renova máxima no fechamento; BB é destaque positivo
22 de fevereiro de 2018
Mora no exterior? Você tem até dia 28 para informar à Receita
23 de fevereiro de 2018
Exibir tudo

Dow e S&P 500 sobem impulsionados por indústria e energia

O índice Dow Jones subiu 0,66%, a 24.962 pontos, o S&P 500 ganhou 0,10%, a 2.703 pontos, e o Nasdaq recuou 0,11%, a 7.210 pontos

Nova York – O Dow e o S&P 500 avançaram nesta quinta-feira e interromperam uma sequência de duas sessões de perdas, impulsionados por ganhos em ações industriais e de energia à medida que os rendimentos do Treasury dos Estados Unidos recuaram, enquanto o Nasdaq perdeu território pela terceira sessão consecutiva.

O índice Dow Jones subiu 0,66 por cento, a 24.962 pontos, o S&P 500 ganhou 0,10 por cento, a 2.703 pontos, e o Nasdaq Composite recuou 0,11 por cento, a 7.210 pontos.

Os principais índices avançaram cedo à medida que preocupações sobre um ritmo mais acelerado de aumento da taxa de juros pelo Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos, foram amenizadas por comentários do presidente do Fed de St. Louis, James Bullard, que expressou preocupações de que “um monte de altas” poderia tornar a política do Fed restritiva.

Os rendimentos dos Treasuries com vencimento de 10 anos recuaram de máximas de mais de quatro anos alcançadas na quarta-feira.

No entanto esses ganhos se dissiparam e os principais índices fecharam bem abaixo das máximas da sessão, com investidores exercendo cautela no que provavelmente será um ambiente de alta nas taxas de juros.

“O rali por Bullard foi um pouco zeloso demais”, disse Michael O’Rourke, estrategista-chefe de mercado da JonesTrading.

“Eu não estaria por aí comprando ações agressivamente porque até que o cenário da taxa de juros clareie, e isso provavelmente ocorrerá em um nível mais alto, só irá criar problema para as ações”, disse ele.

As preocupações sobre as taxas de juros têm persistido sobre Wall Street recentemente e os índices caíram na quarta-feira após a ata da reunião de janeiro do Federal Reserve mostrar que o comitê que define que define as taxas se tornou mais confiante sobre a necessidade de continuar elevando os juros.

Fonte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.