Como declarar reembolso de curso pago pela empresa no Imposto de Renda?

Avança saque do FGTS para empregado doméstico que pedir demissão
16 de abril de 2018
Posso deduzir despesas com tratamento estético do Imposto de Renda?
16 de abril de 2018
Exibir tudo

Como declarar reembolso de curso pago pela empresa no Imposto de Renda?

Especialista responde dúvida de leitor sobre a Declaração do Imposto de Renda 2018. Envie você também suas perguntas

Dúvida do leitor: A minha empresa paga 70% da mensalidade da minha pós-graduação por meio de reembolso. Na ficha “Pagamentos Efetuados” da declaração do Imposto de Renda eu lancei no campo “Valor Pago” o valor total que paguei de mensalidade no ano passado. No campo “Parcela não dedutível/valor reembolsado” eu devo declarar o valor que a empresa me reembolsou? Segundo a minha empresa, o valor que ela me reembolsou não consta no meu Informe de Rendimentos por não ser obrigatório.

Resposta de Samir Choaib* e equipe do escritório Choaib, Paiva e Justo Advogados Associados:

Sim, você deve lançar o valor reembolsado pela empresa no campo “Parcela não dedutível/valor reembolsado”.

É importante destacar que o artigo 458 da CLT – Consolidação das Leis do Trabalho, em seu parágrafo 2º, dispõe que “não serão consideradas como salário as seguintes utilidades concedidas pelo empregador:

II – educação, em estabelecimento de ensino próprio ou de terceiros, compreendendo os valores relativos a matrícula, mensalidade, anuidade, livros e material didático;”

Ocorre que o artigo 43, inciso I, do Decreto n. 3000/1999 (Regulamento do Imposto de Renda), dispõe que “São tributáveis os rendimentos provenientes do trabalho assalariado, as remunerações por trabalho prestado no exercício de empregos, cargos e funções, e quaisquer proventos ou vantagens percebidos, tais como:

I – salários, ordenados, vencimentos, soldos, soldadas, vantagens, subsídios, honorários, diárias de comparecimento, bolsas de estudo e de pesquisa, remuneração de estagiários;”

Portanto, é possível que a Receita Federal entenda que o valor de sua pós-graduação reembolsado a você por sua empresa constitua sua remuneração do trabalho e, sendo assim, eventualmente pretenda tributá-la nos mesmos termos em que tributa o seu salário propriamente dito, ou seja, com a aplicação da tabela progressiva do Imposto de Renda, com alíquotas de até 27,5%.

*Samir Choaib é advogado e economista formado pela Universidade Mackenzie, pós-graduado em direito tributário pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). É sócio do escritório Choaib, Paiva e Justo, Advogados Associados, especialista em imposto de renda de pessoas físicas e responsável pela área de planejamento sucessório do escritório. É o atual chairman da Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos da Flórida (BACCF), em São Paulo.


O site EXAME vai responder diariamente, entre 1º de março e 30 de abril, as dúvidas de leitores sobre a Declaração do Imposto de Renda 2018. Envie suas perguntas para seudinheiro_exame@abril.com.br.

Fonte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.