Bolsa ensaia melhora e encosta em 94 mil pontos; Banco do Brasil sobe 1,6%

Bolsa fecha com mais de 93 mil pontos superando máxima histórica
9 de janeiro de 2019
Redução do IR está na pauta, mas prioridade é Previdência, diz secretário
10 de janeiro de 2019
Exibir tudo

Bolsa ensaia melhora e encosta em 94 mil pontos; Banco do Brasil sobe 1,6%

Às 14:57, o Ibovespa subia 0,28 por cento, a 93.873,97 pontos. Na máxima até o momento, chegou a 93.914,05 pontos

São Paulo – O Ibovespa passava a oscilar no território positivo nesta quinta-feira, renovando máxima intradia perto de 94 mil pontos, em movimento guiado por ações de bancos principalmente, com Banco do Brasil valorizando-se mais de 1 por cento.

– Às 14:57, o Ibovespa subia 0,28 por cento, a 93.873,97 pontos. Na máxima até o momento, chegou a 93.914,05 pontos. O volume financeiro somava 6,7 bilhões de reais.

– Mais cedo, o Ibovespa recuou 0,6 por cento, em meio a realização de lucros, respaldada por um cenário menos favorável a ativos no risco, que também ensaiava melhora, com Wall Street passando a mostrar ganhos e o petróleo flertando com o azul.

– De acordo com profissionais da área de renda variável, perspectivas favoráveis no mercado em relação à agenda de reformas no país, em particular a da Previdência, e o tom ‘dovish’ recente do Federal Reserve seguem apoiando a bolsa brasileira.

– Em relatório a clientes, estrategistas do Banco Santander Brasil reiteraram recomendação ‘overweight’ a ações brasileiras, enxergando melhora no balanço de riscos locais, e elevaram o preço-alvo do Ibovespa a 115 mil pontos.

– Na tarde desta quinta-feira, o banco central norte-americano volta a ocupar os holofotes, com a participação do chairman do Fed, Jerome Powell, em evento no Economic Club de Washington.

Fonte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *