Aumento de Salário de Empregada Doméstica: Como Negociar

Quais os Direitos da Empregada Doméstica Gestante
27 de dezembro de 2016
Veja Deduções que Pouca Gente Conhece
30 de dezembro de 2016
Exibir tudo

Aumento de Salário de Empregada Doméstica: Como Negociar

Quando o empregado já está há algum tempo trabalhando com o mesmo empregador, chega uma hora em que é preciso fazer reajustes no salário, tanto por conta própria, oferecendo um aumento de salário, quanto porque o empregado pede esse aumento, situação bem delicada na relação entre profissional e empregador.

Esse pedido de aumento de salário deve ser tratado com extremo cuidado, por isso confira agora como negociar um aumento de salário de empregada doméstica!

Ouça com atenção o que o empregado tem a dizer sobre o pedido de aumento

Existem vários motivos que podem levar o seu empregado a pedir um aumento de salário. Esses motivos podem ser fatores pessoais, como o nascimento de mais um filho, por exemplo, ou a simples dinâmica do mercado, levando o empregado a acreditar que pode ganhar mais em outro lugar.

Independentemente de qual seja o caso do seu empregado, é muito importante deixar que fale livremente, sem muitos questionamentos, pois é um momento em que ele pode estar sob profunda pressão psicológica, e querer argumentar sobre os seus motivos nesse primeiro momento pode ser compreendido como desvalorização do trabalho que ele realiza.

É muito importante que você não dê um parecer imediato, pois é preciso avaliar bem se é possível dar esse aumento. Diga apenas que vai analisar o pedido e em breve lhe dará uma resposta.

Como avaliar se o empregado merece ou não o aumento de salário

Não é muito difícil avaliar se a sua empregada doméstica está ou não fazendo um bom trabalho, isso é até bem simples. No entanto, para que o aumento salarial seja realmente merecido, é preciso algo mais.

Normalmente, os colaboradores que recebem aumentos de salário são aqueles que se tornam essenciais e difíceis de ser substituídos. Você acha que será muito difícil substituir sua empregada doméstica se ela for embora? Isso pode ser um bom motivo para você conceder o aumento. É o maior e melhor motivo para se conceder um aumento: a qualidade do serviço realizado.

Concordar com aumentos apenas por motivos pessoais pode não ser uma boa ideia, pois sempre que o empregado estiver com algum problema, acabará recorrendo a um pedido de aumento.

Como deve ser feito o reajuste salarial da empregada doméstica?

A empregada doméstica, assim como qualquer outro trabalhador, tem direito a um salário mínimo garantido por lei, e o empregador não deve pagar menos que isso. Sempre que houver reajuste desse salário mínimo, é preciso que o salário da empregada doméstica seja reajustado.

No entanto, se o empregador vinha pagando já acima do salário mínimo, não é obrigatório manter essa vinculação depois de feito o reajuste do salário mínimo. O que não pode é a empregada doméstica sofrer alguma redução em seu salário ou receber abaixo do salário mínimo. Claro que, havendo um reajuste nacional ou regional do salário mínimo, o empregado pode querer negociar um reajuste em seu salário, e caberá ao empregador concedê-lo ou não.

Como fazer uma boa negociação sobre o aumento de salário da empregada doméstica?

Um aumento de salário é naturalmente algo que o empregado quer e que o empregador não quer conceder tão facilmente. Por isso, é preciso um pouco de competição ao negociar. Você não é obrigado a aceitar a primeira proposta feita pelo empregado, pode tentar negociar esse aumento até chegar a um valor que agrade às duas partes.

E então, pronto para negociar um aumento de salário de empregada doméstica quando a hora chegar? Deixe o seu comentário e compartilhe conosco a sua experiência!

Para mais esclarecimentos clique aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.