ADRs de empresas brasileiras caem em NY após rebaixamento

Defasagem da tabela do IR sobe para 88,4%, diz Sindifisco
11 de janeiro de 2018
O que fazer se você caiu na malha fina no IR 2017
12 de janeiro de 2018
Exibir tudo

ADRs de empresas brasileiras caem em NY após rebaixamento

De acordo com a S&P, o atraso em reformas fiscais e a incerteza política são principais fraquezas da nota do Brasil

São Paulo – Os American Depositary Receipt (ADRs) de empresas brasileiras negociados nas Bolsas de Nova York recuaram após no after-hours após o rebaixamento do rating soberano do País pela agência de classificação de risco S&P Global.

Os ADRs da Ambev fecharam em baixa de 1,00%, os do Bradesco (preferencial) caíram 0,92%, os da Embraer cederam 0,66%, os da Vale baixaram 0,30% e os da Petrobras tiveram desvalorização de 0,18%.

De acordo com a S&P Global, o atraso em reformas fiscais e a incerteza política são principais fraquezas da nota do Brasil. O rating do País foi rebaixado de BB para BB-, com perspectiva estável.

Fonte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.