Ações da Intel despencam por temores de concorrência com chips

Ações do Facebook despencam quase 20% e afetam Nasdaq
26 de julho de 2018
Ibovespa fecha em alta em dia cheio de balanços e com política em foco
27 de julho de 2018
Exibir tudo

Ações da Intel despencam por temores de concorrência com chips

Bons resultados da empresa foram ofuscados pelas preocupações de que a AMD possa estar roubando participação de seu negócio lucrativo de data center

As ações da Intel despencavam quase 9 por cento na sexta-feira, depois que os resultados positivos da fabricante de chips foram ofuscados pelas preocupações de que a Advanced Micro Devices (AMD) possa estar roubando participação de seu negócio lucrativo de data center.

O lucro e a receita da empresa superaram as previsões de Wall Street, mas o crescimento de dois dígitos em seu negócio de chips de data center ficou aquém das expectativas dos analistas e desapontou os investidores.

“As ações da Intel continuam sob pressão, já que os investidores estão vendo além do bom desempenho no curto prazo e se debatendo com a história de uma possível perda futura de participação para a AMD”, disseram analistas do Barclays.

Às 16:01, as ações da Intel em Nova York eram negociadas em queda de 8,8 por cento, enquanto as ações da AMD subiam quase 2 por cento.

A Intel tem desfrutado da liderança na venda de chips usados ​​na fabricação de servidores onde os dados são armazenados remotamente ou nos chamados servidores de nuvem. Nos últimos anos, conforme mais empresas correram para a nuvem para mover dados online, a Intel desfrutou de um crescimento saudável da receita na nuvem.

A Amazon, que superou as estimativas de lucro na quinta-feira devido aos negócios na nuvem, e a Microsoft foram os principais beneficiários da adoção dessa tecnologia.

Chips para servidores Xeon da Intel têm dominado o mercado, mas começaram a enfrentar competição no ano passado após a AMD retornar depois de uma década ao segmento com os processadores EPYC que receberam críticas positivas.

Os chips EPYC superaram o Xeon em certas tarefas e proporcionaram melhor desempenho por dólar do que os chips da Intel, de acordo com testes feitos pela Anandtech após o lançamento no ano passado.

A AMD atualmente tem uma pequena parte do negócio de servidores, mas qualquer ganho vai dificultar os planos da Intel para se concentrar em data centers e se afastar do negócio estagnado de computadores pessoais, onde é líder de mercado.

A Intel atrasou o lançamento de seus processadores de 10nm da próxima geração devido a problemas de produção, o que poderia corroer ainda mais sua participação no mercado.

Enquanto isso, a AMD já está testando seus processadores de 7 nm e vai lançá-los ainda este ano, enquanto os chips de 10 nm da Intel chegarão ao mercado só no ano que vem.

Fonte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.