Ações da Brasil Pharma caem após pedido de recuperação judicial

eSocial Doméstico – Vídeo 06 – Registro de Afastamento – Doenças
10 de janeiro de 2018
Índices caem em Wall St por preocupações com China e Nafta
10 de janeiro de 2018
Exibir tudo

Ações da Brasil Pharma caem após pedido de recuperação judicial

Grupo foi criado para consolidar compras de redes de drogarias regionais, mas teve problemas de integração

São Paulo — As ações da Brasil Pharma, que é dona das redes Rosário, Farmais, Big Ben e Sant’ana, caem nesta quarta-feira após o pedido de recuperação judicial da companhia. A decisão foi informada mais cedo por meio de fato relevante.

Por volta das 12h10, os papéis ordinários da empresa caíam 4,1%, negociados a 3,50 reais.

O grupo foi criado como um veículo para consolidar compras de redes de drogarias regionais, mas teve problemas de integração e passou por disputas entre acionistas, além de ter dívida elevada. Ele é atualmente controlado pelo Stigma II da norte-americana Lyon Capital.

“Durante a recuperação judicial o grupo Brasil Pharma, a companhia, suas subsidiárias, controladas e demais empresas do grupo concentrarão seus máximos e melhores esforços para preservar suas atividades comerciais e operacionais e assim cumprir com seus compromissos e obrigações”, disse a empresa.

A empresa informou ainda que “até o presente momento” permanecem inalteradas as informações relacionadas à oferta pública de aquisição das ações (OPA) para a saída da empresa do segmento de especial de listagem no Novo Mercado. A companhia decidiu deixar o segmento especial em novembro, alegando não ter conseguido cumprir patamar mínimo de ações em circulação no mercado.

 

Fonte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.