4 dicas sobre bitcoins que você precisa saber

Ibovespa fecha no azul com ajuda do exterior e avança 1,2% na semana
29 de março de 2018
Dólar cai a R$3,30, sobe no mês, mas ainda recua em 2018
29 de março de 2018
Exibir tudo

4 dicas sobre bitcoins que você precisa saber

Apostar em criptomoedas pode assustar quem ainda não conhece as moedas digitais. Confira as informações que podem ajudá-lo a entrar nesse mundo

A circulação de bitcoins não para de crescer. No Brasil, dados de fevereiro deste ano mostram que o volume de pessoas registradas nas corretoras em busca de moedas digitais, sendo o bitcoin a mais expressiva, já supera o número de investidores na Bolsa brasileira: 1,4 milhão de pessoas, contra 620 000 CPFs cadastrados na Bolsa. E, mesmo assim, sempre aparece alguém para dizer que é tudo muito perigoso e arriscado. Será que é mesmo?

A Atlas Quantum, uma companhia global de serviços financeiros com o bitcoin, sediada em São Paulo, conta para você quatro dicas sobre bitcoins para ajudá-lo a lidar com as moedas virtuais. Confira!

Bitcoin é seguro

O segredo do sucesso dessa moeda virtual está precisamente na segurança. Os desenvolvedores do bitcoin criaram um sistema de banco de dados distribuído e totalmente seguro para garantir a viabilidade dessa moeda. Chama-se blockchain e funciona assim: todas as trocas de valores entre os usuários são registradas em blocos de informações, que formam cadeias. Essas cadeias não podem ser alteradas, nem hackeadas, por um motivo muito simples: toda mudança precisa ser validada pelo conjunto dos usuários. Nenhum computador sozinho tem condições de superar a somatória dos participantes da cadeia. Ou seja, o blockchain é mais seguro do que muitos sistemas bancários hospedados em servidores centralizados, sujeitos a ataques.

Bitcoin é um ótimo investimento

Sem dúvida! Investir em bitcoins é entrar no início de uma revolução tecnológica, que tem grandes chances de se tornar o padrão do sistema financeiro em um futuro não tão distante. Basta pensar que a tecnologia que deu origem a esse sistema, o blockchain, vem sendo utilizada para produzir contratos inteligentes, monitorar cadeias de logística e aumentar a transparência dos bancos de dados de planos de saúde. Por ser tão interessante, e tão nova, a tecnologia do bitcoin tem atraído muitas pessoas, que estão comprando a moeda, e, assim, seu preço vem subindo rapidamente. Mais do que isso: quem compra uma criptomoeda está investindo na tecnologia do futuro. “Existem empresas trabalhando para dar mais liberdade e ajudando as pessoas a construírem patrimônio”, afirma Rodrigo Marques, chief executive officer (CEO) da Atlas. “Quem investe em bitcoin faz parte de uma revolução tecnológica que dá mais poder ao indivíduo.”

Não é difícil investir em bitcoins

Investir é sempre uma decisão a ser ponderada. É preciso avaliar riscos e projetar tendências para o futuro. Agora, se você resolveu participar do sistema financeiro do século 21, saiba que já existem muitas plataformas para a compra de bitcoins, como o Atlas BTC, sistema desenvolvido pela Atlas Quantum para facilitar o investimento na criptomoeda. Você realiza uma solicitação de compra e, em poucas horas, já pode começar a investir em bitcoins.  “Quem quer apostar na moeda virtual deve dedicar um tempo para estudar a tecnologia e começar com um valor menor, diversificando investimentos mais agressivos com outros mais conservadores”, diz o CEO da Atlas Quantum.

Você pode utilizar bitcoins como método de pagamento

O bitcoin é uma moeda! Ele pode, sim, ser utilizado para fazer a compra direta de produtos e serviços. Atualmente, no Brasil, serviços de turismo, transportes, entretenimento digital, ONGs, institutos sociais e até lojas em geral já aceitam o bitcoin como método de pagamento.

Em caso de dúvida ou se você resolveu entrar para o século 21 e participar desse mercado, acesse https://atlasbtc.com.br/. A Atlas BTC é a maneira mais fácil de comprar bitcoins e não cobra taxa para operar uma das grandes revoluções tecnológicas da atualidade.

Fonte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.